Curiosidades

Quanto de café posso tomar em um dia?

By 9 de junho de 2021 No Comments

Há um consenso no mundo científico de que de 3 a 5 xícaras de café por dia garantem um consumo saudável dessa bebida. Essas doses tomam como referência uma quantidade de cafeína de 300 a 500mg/dia para um adulto sem comorbidades, que garantiriam os benefícios dessa substância sem causar desconfortos e possíveis riscos de uma ingestão excessiva.

Essa quantidade também asseguraria outros benefícios da bebida, como a ingestão de antioxidantes, niacina e outras substâncias que contribuem para o bom funcionamento do nosso organismo.

No entanto, precisamos ficar atentos que essa “xícara” se refere, em média, a 50 ml de bebida coada, considerando proporção de 8 a 10g de pó para 100ml de água. Como já mencionamos anteriormente em diversos textos do nosso blog, são muitos os fatores que determinam a composição da nossa bebida: desde as características intrínsecas do grão (que por sua vez depende da variedade, solo etc.) até os diferentes métodos de preparo. Por exemplo: você normalmente toma um espresso de 30 ml, mas ele pode ter mais cafeínas que a mesma quantidade de bebida de um coado porque a proporção pó/água é diferente…

Enfim, os estudos dessa dose de 3 a 5 xícaras já levaram em consideração muitas dessas variáveis. Mas sempre vale lembrar que você deve observar as sensações que o consumo de café lhe causa: enquanto fizerem você se sentir bem, provavelmente não há nada de errado com a quantidade! Qualquer desconforto, observe se a redução do consumo te ajuda e sempre converse com seu médico.

No mais, desfrute com sabedoria essa bebida que pode ser muito benéfica para a sua saúde!

Já tomou seu cafezinho Carneiro hoje?

 

Referências:

Alvez, R.; Casal, S; Oliveira, B. Benefícios do café na saúde: mito ou realidade. Química Nova 32 (8), 2169-2180, 2009.

Encarnação, R de O; Lima, D. R. Café & saúde humana. Embrapa Informação Tecnológica, 2003.

Mejia, E. G.; Ramirez-Mares, M. V. Impacto f caffeine and coffee on our health. Trends in Endocrinology and Metabolism 25 (10), 2014.