Tag

Arquivos cafétradicional • Carneiro Alimentos

Diferença entre café filtrado e espresso

Entenda as diferenças entre o Café Filtrado e o Espresso

By | Curiosidades

São muitas as possibilidades de preparo da nossa bebida preferida, que levam em conta diferentes proporções entre pó, água, temperatura, uso de pressão, utensílios e equipamentos especiais. E é comum que as pessoas se dividam entre o café filtrado e o espresso.

O preparo mais comum em nosso país é sem dúvida o café filtrado, que pode ser feito em coador de papel ou pano. Mas o espresso também se popularizou, especialmente fora de casa, em cafeterias, padarias e restaurantes.

Mas quais as diferenças entre o café filtrado e espresso?

Primeiramente, a forma como a bebida é extraída. No filtrado, a água é adicionada ao pó formando uma mistura coada lentamente no filtro de papel ou pano. E no espresso, a bebida é extraída com água sob pressão (em torno de 9 bars) resultando em um preparo mais rápido, porém mais intenso.

Por conta dos diferentes processos, as proporções entre pó de café e água também são diferentes:

No café filtrado, normalmente usamos 4 colheres de sopa de pó para um litro de água (igual a 8g/100ml),  o que é quase metade da proporção do espresso (7g/50ml).

A temperatura do espresso (90ºC) também é um pouco mais baixa que a do filtrado (em torno de 96ºC) e deve ser agradável para ser consumido imediatamente. Se estiver quente demais a ponto de ser impossível beber, algo com o processo de extração pode estar errado.

Com todas essas diferenças de processo é claro que as bebidas têm características sensoriais diferentes. O café espresso tem sabor mais intenso que o filtrado, além de mais encorpado e com aquela espuminha em cima. Aliás, você sabia que a espuma é perfeita para mostrar que o café foi “bem tirado”? Se estiver muito escura ou muito clara ou não cobrir toda a superfície da bebida, significa que a regulagem da máquina, moinho ou a execução do processo estão com algum problema. Esse é um “risco” do espresso, o método de extração sob pressão assim como amplia as características sensoriais apreciadas no café, também ressalta os possíveis defeitos da matéria-prima ou inadequações de preparo.

Daí a enorme necessidade do uso de cafés de qualidade com torração apropriada. Por isso o Espresso Carneiro é ideal, com condições de equipamento adequadas.

Por fim, uma dica: mexa o espresso antes de tomá-lo para o sabor ficar mais uniforme.